fisioterapia

FISIOTERAPIA

Fisioterapeutas: Filipa Alves, David Maria, Diana Brás, Fábio Serieiro.

Técnicos Auxiliares: Liliana Padilha 

ÁREAS DE INTERVENÇÃO: Fisioterapia em Condições Músculo-Esquelética| Fisioterapia em Condições Desportivas | Fisioterapia Cardio-Respiratória | Fisioterapia em Neurologia | Fisioterapia Pediátrica | Fisioterapia na Saúde da Mulher | Fisioterapia Geriátrica

Boas Práticas

Anca

Devem estar equilibrados, evitando que um lado esteja mais elevado que o outro.

Prevenção

Porém, uma leve alternância ou movimentação ajuda a relaxar esta região, pois não é desejável que esteja completamente rígida e estática.

Ombros

Os ombros devem estar descontraídos, isentos de fontes de tensão.

Prevenção

Qualquer rigidez nesta região pode comprometer a acção dos músculos do tórax e pescoço, interferindo directamente na coluna e consequentemente na capacidade de movimentos do trabalhador. Os ombros deverão encontrar-se numa posição neutra (nem voltados para frente, nem para trás, nem para baixo e muito menos para cima). A rigidez local pode comprometer toda a postura e provocar alguns distúrbios. Para se evitarem algumas lesões (especialmente quando o trabalho envolve posturas estáticas) devem ser feitos alguns exercícios de relaxamento para os ombros e coluna.

Cabeça

Deve estar centrada e em posição de equilíbrio (relativamente aos ombros e coluna).

Prevenção

O olhar do trabalhador deve fixar-se na direcção da tarefa que está a executar, e o queixo deve estar em ângulo recto com a cabeça. Quando as pessoas “enterram” a cabeça no tórax ou alongam o pescoço para cima, dificultam os movimentos da nuca e pescoço, causando naturalmente tensões que se podem transmitir à coluna.

Gostaria de ver outras dicas? Ver agora